26 de Mar de 2019 - Jornal em tempo real
 

 Mulher é morta a tiros no Rio e namorado é suspeito de ser o mandante - Jornal Brasil em Folhas
Mulher é morta a tiros no Rio e namorado é suspeito de ser o mandante

Mais um crime de feminicídio foi registrado no Rio. Valcirleia Ferreira Marques, de 36 anos, foi morta com três tiros tiros na noite de ontem (26), no bairro Engenheiro Belford, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Segundo a Polícia Civil, o mandante do crime é o namorado da vítima, com quem Valcilene tem um filho de seis meses. Ele foi preso logo em seguida ao crime e apontado como o mandante da execução.

De acordo a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense, Reginaldo Luiz Bonizioli foi preso por policiais militares na noite de ontem, por envolvimento na morte de Valcirleia. Ele discutia com a namorada quando um homem passou de moto e fez vários tiros contra a mulher. O autor dos disparos fugiu, mas Reginaldo foi preso por populares. No celular dele, a polícia encontrou troca de mensagens com o matador, mandando ele vir logo porque a vítima estava perto da porta de casa.

A polícia já sabe também que Valcirleia vinha cobrando dele um posicionamento para assumir o filho do casal. Ele era casado e queria manter o relacionamento em segredo.

As equipes da Polícia Civil estão realizando diligências para prender o autor do homicídio, que já está identificado, e as investigações estão em andamento.

Valcirleia tinha outros três filhos menores de idade: duas adolescentes de 17 e 14 anos e um adolescente de 13 anos.

Feminicídio é o assassinato de uma mulher pelo simples fato de ser mulher. Os motivos mais comuns são o ódio, o desprezo ou o sentimento de perda do controle e da propriedade sobre as mulheres.

Edição: Sabrina Craide





© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A
CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212

VERSÃO WEB