Mendanha e João Campos assinam carta compromisso com servidores da UEG

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Os pré-candidatos ao Governo de Goiás, Gustavo Mendanha (Patriota), e ao Senado, João Campos (Republicanos), assinaram uma carta aberta aos goianos escrita pelos servidores técnico-administrativos da Universidade Estadual de Goiás (UEG), em sinal de compromisso com 12 pontos de reivindicações da categoria, entre eles, a titulação e o aumento do vale-alimentação de R$ 500 para R$ 1.000.

O documento foi entregue pelo servidor Lauro André Dias dos Santos, representando a Associação dos Servidores Técnico-Administrativos da UEG (Astueg), durante uma reunião em Anápolis, na última quarta-feira (20). O protocolo de intenções foi construído em conjunto e validado por toda a categoria, composta por mais de 600 servidores, entre prestadores de serviço da universidade, os que estão à disposição e no cadastro reserva.

“Essa foi uma construção coletiva, que demonstra fielmente os anseios da nossa categoria e da universidade como um todo. Estamos apostando que o Mendanha vai dar atenção à causa”, explicou Lauro.

Entre as reivindicações está o pagamento do valor correspondente às titulações do servidor com limite de 30% do salário. Segundo os servidores, há um sentimento de “desvalorização da categoria e que isso acaba impactando na motivação do trabalho”.

Lauro atribuiu a entrega da carta ao governadoriável por acreditar em seu trabalho com base na gestão em Aparecida de Goiás. A defesa da UEG e dos servidores públicos têm sido bandeiras levantadas por Mendanha

“Para que tenhamos uma educação de qualidade, precisamos valorizar os servidores públicos. A UEG é patrimônio dos goianos e a partir desta instituição são formados os profissionais que vão oferecer seu trabalho à nossa sociedade. Contém comigo e com o João para cuidar da educação, da UEG e dos servidores públicos”, disse Mendanha.

0 Shares
You May Also Like