Na tribuna, Paulo Trabalho sai em defesa das manifestações contrárias à taxação do agronegócio

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Terceiro inscrito no Pequeno Expediente da sessão ordinária desta quarta-feira, 23, o deputado Paulo Trabalho (PL) usou a tribuna para defender os produtores rurais que protestaram contra a taxação do agronegócio, na última quarta-feira, 22, nas dependências da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Segundo o parlamentar, o que houve foi uma “resposta” de um setor “massacrado” e que se encontra em grande vulnerabilidade.
“Querem sangrar ainda mais o produtor. Se você tiver um boi manso na sua fazenda, que nunca nada fez contra você e de repente você resolver espetá-lo, claro, ele vai reagir. Pode ser o mais pacífico. O que aconteceu aqui ontem foi uma resposta, não queríamos que chegue a esse ponto. Mas isso reflete o desespero de alguns produtores, que talvez estejam condenados à falência com essa votação”, justificou o parlamentar.
As matérias que alteram o Código Tributário goiano e implementa o Fundo de Investimento em Infraestrutura no estado, foram aprovadas na última quinta-feira, 17, em primeira fase de discussão e votação. Ambos serão apreciados, de maneira definitiva, nesta quinta-feira, 23. 

0 Shares
You May Also Like