Para Lira, problemas orçamentários impedem mais investimentos na defesa do meio ambiente

0 Shares
0
0
0
0
0
0
O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), afirmou que os produtores rurais brasileiros têm consciência da importância da preservação ambiental e destacou o Código Florestal como a legislação mais avançada no mundo. Lira disse, no entanto, que problemas orçamentários na área do meio ambiente impedem a adoção de políticas que melhorem a imagem do País no exterior. Ele participou de evento da Frente Parlamentar Agropecuária nesta terça-feira (22), em Brasília.

“Nós somos os menos poluidores [no mundo], mas temos problemas  orçamentários sérios relacionados ao meio ambiente. Enquanto não tivermos uma política forte de monitoramento, de fiscalização, de sustentabilidade na Amazônia, não teremos a resolução dos problemas de desmatamento e garimpo ilegal no País. Temos essa responsabilidade de trazer essas discussões e não podemos nos furtar a elas”, defendeu Lira.

Em maio deste ano, em viagem aos Estados Unidos, Lira afirmou que, se o Orçamento não fosse engessado, o País poderia ter mais facilidade para enfrentar o desmatamento. Na ocasião, ele defendeu que com as mudanças nas regras orçamentárias, os recursos poderiam ser voltados mais facilmente para a defesa do meio ambiente.

Lira afirmou que a Câmara avançou na pauta do agronegócio nos últimos dois anos e destacou a aprovação de algumas propostas como a votação do licenciamento ambiental, da regularização fundiária e da proposta que altera o registro dos defensivos agrícolas. Ele defendeu mais segurança jurídica para que os produtores rurais possam produzir mais e tocar seus negócios.

“Nunca abrimos mão da discussão em detrimento das versões”, afirmou.

0 Shares
You May Also Like