Participação popular no último dia da Cidade da Segurança em Ceilândia

1 Shares
1
0
0
0
0
0

“Esta ação ocorre sempre de sexta à domingo, em duas regiões de forma simultânea. Neste final de semana nosso foco é a região de Ceilândia e adjacências, inclusive contando com aparato policial de forças de segurança que não são do DF, como é o caso da Polícia Militar de Goiás e também a Polícia Rodoviária Federal (PRF), devido à proximidade com a rodovia federal, a BR-070” – Júlio Danilo, secretário de segurança

O último dia do projeto itinerante da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF) – a Cidade da Segurança Pública (CSP) – em Ceilândia foi marcado por muita alegria. Já nas primeiras horas do dia, moradores da região começaram a chegar na estrutura montada ao lado do Restaurante Comunitário – espaço bastante visitado pela população ceilandense na última semana. Foram registrados 3.269 atendimentos – média de 800 por dia. Entre as ações, houve palestras sobre enfrentamento à violência doméstica, emissão de carteira de identidade, orientações sobre enfrentamento da violência de gênero e primeiros socorros, atendimento de serviços das forças de segurança e demonstração de equipamentos utilizados em operações policiais.

O reforço do policiamento na região, que se estende ao Sol Nascente e Pôr do Sol, segue até a madrugada desta segunda-feira (28). A operação Quinto Mandamento, que tem como foco a redução dos crimes letais e intencionais (CVLIs) e também contra o patrimônio, é realizada de forma exclusiva nas cidades.

De forma integrada e sob a coordenação da SSP-DF, a ação reúne as polícias Militar (PMDF) e Civil (PCDF), Departamento de Trânsito (Detran-DF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), Secretaria DF Legal e Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF) | Fotos: Divulgação/SSP-DF

“Esta ação ocorre sempre de sexta à domingo, em duas regiões de forma simultânea. Neste final de semana nosso foco é a região de Ceilândia e adjacências, inclusive contando com aparato policial de forças de segurança que não são do DF, como é o caso da Polícia Militar de Goiás e também a Polícia Rodoviária Federal (PRF), devido à proximidade com a rodovia federal, a BR-070”, explica o secretário de segurança, Júlio Danilo.

O primeiro dia da Quinto Mandamento em Ceilândia contou com a participação dos 746 alunos do Curso de Formação de Praças 8 (CFP 8), que deram início ao estágio supervisionado nesta semana. A etapa é obrigatória na formação dos policiais, iniciada em dezembro de 2021. Os alunos abordaram 1,9 pessoas. “Eles atuaram sob a supervisão de outros policiais já formados, que prestaram o apoio necessário, já que esta ainda é uma fase de formação para plena atuação. Esta é uma oportunidade do aluno colocar em prática todo conhecimento adquirido e aplicá-los. Nesta semana iniciamos o estágio operacional e o objetivo é que possamos passar por todas as regiões administrativas em até três meses”, explica o comandante da Escola de Formação de Praças, major Alexandre Arantes.

“Como a gente vive uma vida cada vez mais corrida e, na minha idade, é necessário maior cuidado com a saúde, foi muito importante fazer esses exames de rotina. Achei muito boa a iniciativa do governo em querer ajudar e facilitar o acesso das pessoas a serviços variados, tudo em um mesmo lugar” – Marcos Tarcísio, vendedor

De forma integrada e sob a coordenação da SSP-DF, a ação reúne as polícias Militar (PMDF) e Civil (PCDF), Departamento de Trânsito (Detran-DF), Corpo de Bombeiros Militar (CBMDF), Secretaria DF Legal e Departamento de Estradas de Rodagem do DF (DER-DF). Esta edição conta, ainda , com a participação da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape), da PRF e PMGO. As ações de enfrentamento qualificado do crime resultaram, ainda, em 320 pessoas abordadas e realização de 357 testes de alcoolemia. Um veículo e uma bicicleta, que haviam sido furtadas ou roubadas, foram recuperados durante a ação. Uma arma branca e uma de fogo foram apreendidas

Proximidade com o público

A caminho do banco, o vendedor, Marcos Tarcísio, 61 anos, viu o dispositivo em Ceilândia e aproveitou para visitar a tenda da Secretaria de Saúde, onde realizou exames de glicemia, pressão e hepatite. “Como a gente vive uma vida cada vez mais corrida e, na minha idade, é necessário maior cuidado com a saúde, foi muito importante fazer esses exames de rotina. Achei muito boa a iniciativa do governo em querer ajudar e facilitar o acesso das pessoas a serviços variados, tudo em um mesmo lugar”.

O morador de Ceilândia, Alcilvan Lino, 49 anos, também esteve no local para a testagem da covid-19 e da dengue. “Há uns três dias estou com muita tonteira e como não consegui ir ao hospital, aproveitei para realizar esses exames aqui mesmo”, explicou. “Acho muito gratificante para a comunidade ter eventos como esses, acessíveis e próximos aos moradores”, destacou o vendedor.

“Toda a programação foi pensada com muito cuidado para o acesso facilitado ao público. Este é um governo horizontal, cada vez mais próximo e prestando um serviço de excelência, como determina o governador Ibaneis Rocha”, avalia o secretário Júlio Danilo

A aproximação da população e as forças de segurança é um dos objetivos da CSP, em toda região em que é realizada.

“A CSP tem uma característica muito peculiar de aproximação com a população, o que reflete diretamente no aumento da sensação de segurança. É um projeto bastante democrático, em que as pessoas têm a oportunidade de escolher, num único espaço, o serviço que precisam. Toda a programação foi pensada com muito cuidado para o acesso facilitado ao público. Este é um governo horizontal, cada vez mais próximo e prestando um serviço de excelência, como determina o governador Ibaneis Rocha”, ressalta o titular da SSP-DF, Júlio Danilo.

No evento, o Corpo de Bombeiros está responsável por apresentar os projetos sociais da corporação — como o bombeiro mirim e o aleitamento materno —, além de exibir os materiais utilizados durante ocorrências (incêndios, salvamento veicular, entre outros) e ensinar para a comunidade técnicas de primeiros socorros. “As crianças se interessam bastante por ver os materiais que a gente costuma utilizar em operação e os adultos pelos primeiros socorros, principalmente engasgo de lactantes e recém-nascidos, além da ressuscitação cardiopulmonar”, declara a Asp. a oficial Lorrane Silveira, do Corpo de Bombeiros, destacando a relevância das demonstrações. “É de extrema importância que a comunidade tenha acesso a esses conhecimentos para que, em uma situação em que seja necessária uma atuação rápida, a vítima tenha chance de sobreviver”, destaca.

Neste sábado (26), ocorreu um encontro com lideranças religiosas na cidade, por meio da Aliança Distrital – Instituições Religiosas e Sociais no enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar. Os participantes realizaram a Oficina de Atenção à Vítima de Violência Intrafamiliar, no auditório da Escola Técnica de Ceilândia.

“O objetivo é capacitar líderes e articuladores sociais a identificar situações de violência e a fazer os encaminhamentos à rede de atendimento e de denúncia, quando necessário”, informou o subsecretário de Prevenção à Criminalidade da SSP/DF, Sávio Ferreira.

Fiscalização de sentenciados

A Seape intensificou a fiscalização de imposições penais de sentenciados, como aqueles que cumprem regime aberto, prisão domiciliar ou livramento condicional ou regime semiaberto beneficiado com trabalho externo.

“Reforçamos nossas equipes para que realizem um trabalho efetivo e de excelência nos assuntos correlatos ao sistema prisional. As fiscalizações foram intensificadas para contribuir na redução dos índices de criminalidade na região administrativa”, destaca o secretário de Administração Penitenciária, Wenderson Teles.

*Com informações da SSP-DF

The post Participação popular no último dia da Cidade da Segurança em Ceilândia appeared first on Agência Brasília.

– link Read More

1 Shares
You May Also Like