Petrópolis: moradores arrecadam roupas e alimentos para desabrigados

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Muitos dos sobreviventes da tragédia que atingiu Petrópolis terão que recomeçar do zero. Grande parte perdeu a casa, os móveis e só escapou com a roupa do corpo. Para ajudar essas pessoas, uma rede de solidariedade se formou quase instantaneamente na cidade.

Pontos de apoio foram abertos para receberem doações e grupos de pessoas passaram a bater de porta em porta pedindo ajuda. Uma turma de motoboys resolveu se unir em busca de ajuda.

“A gente reuniu um grupo de motoboys e vai de bairro em bairro, pedindo um alimento, uma escova de dentes, qualquer coisa, para ajudar as pessoas neste momento difícil. Graças a Deus tá todo mundo ajudando”, disse Jean Oliveira do Vale.

Junto com o colega Matheus Soares Moreira, ele descarregava as doações na casa paroquial Fraternidade Arca de Maria, bem próxima do Morro das Oficinas, local onde foi registrada a maior parte das vítimas. “A gente decidiu ajudar porque as nossas famílias estão bem e não custa ajudar ao próximo. Podia ser eu que estivesse precisando”, disse Matheus.

A casa paroquial abriu as porta para ajudar a comunidade desde as primeiras horas da tragédia, conforme relata irmã Agnes, uma das coordenadoras do espaço. “Nosso trabalho é ajudar ao próximo, aqueles que mais necessitam neste momento. Começamos desde ontem, quando vimos o desastre. A comunidade tem ajudado muito. Precisamos de roupas, alimentos e artigos de higiene pessoal”.

Dentro da casa paroquial, os artigos são separados por tipo e as roupas por tamanho e sexo. O trabalho é feito pela voluntária Flávia Ferreira da Silva. “Querer ajudar ao próximo é mais importante que tudo neste momento. Até as pessoas mais humildes estão trazendo coisas para ajudar quem está mais necessitado ainda”.

A Fraternidade Arca de Maria fica na Rua Albino Siqueira, 147, bairro Alto da Serra. Outros pontos de apoio também estão recebendo doações pela cidade.

0 Shares
You May Also Like