Praça pública de Aparecida de Goiânia é alvo de vandalismo

0 Shares
0
0
0
0
0
0

Aparecida de Goiânia conta atualmente com mais de 140 praças e espaços de lazer e prática de atividades físicas. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Aparecida, pasta responsável pela construção e manutenção desses espaços, o vandalismo nesses espaços públicos têm causado transtornos para a população e gastos extras para a equipe de reparos da prefeitura de Aparecida de Goiânia.

Para tanto, foi designada uma equipe exclusiva para os reparos, já que diariamente são recebidas denúncias de vandalismo e depredação dos espaços públicos.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, Aldivo Araújo, explica que o valor gasto para revitalizar esses espaços, é um montante que não volta e poderia ser gasto na criação de novas praças. “É um dinheiro que é fruto do pagamento de impostos da própria população, de pessoas de bem que querem contribuir para o progresso da cidade. E o que a gente pede é que a população nos ajude a manter a conservação dos equipamentos públicos do nosso município”, ressalta o secretário.

O mais recente caso de vandalismo nas praças da cidade ocorreu na Praça Marlucia Terezinha de Jesus Silva, no Jardim Tropical. Durante o último final de semana, vândalos atearam fogo nos equipamentos de playground da praça. A ação gerou um prejuízo avaliado em R$ 25 mil aos cofres públicos.

Segundo o secretário, a praça em questão foi revitalizada semana passada, e nesta semana o trabalho precisou ser refeito pela equipe da SDU. Com essa nova reforma, os custos para a manutenção passam dos R$ 40 mil para custear os equipamentos, a vegetação e o paisagismo queimado pela ação dos vândalos.

O coordenador de obras da SDU, Breno Ranner, afirma que todos os dias há praças degradadas para serem consertadas. “São umas coisas tão banais, são parafusos roubados do playground, casos em que a praça é inaugurada em um dia e no outro já roubaram os equipamentos da academia”, relata o Breno.

Ele reforça que as praças da cidade devem ser adotadas pela população para coibir esse tipo de ação. “Quando a população começa a utilizar a praça, o vândalo corre dela, quando ele vê que tem gente de bem dentro do espaço público ela não ocupa”, reflete o coordenador.

“Praça Segura”

A Guarda Civil Municipal de Aparecida tem, desde 2018, uma operação especial para garantir a segurança das praças públicas do município. A Operação Praça Segura tem por objetivo aumentar a proteção dos espaços e da população que utiliza dele para praticar exercícios ou nos momentos de lazer.

A GCM aumenta a vigilância nos horários de maior fluxo nestes espaços, com a permanência de equipes das 17h às 22h, a fim de promover maior integridade do patrimônio e segurança da população. Vale ressaltar ainda que todas as praças são monitoradas em tempo real pela equipe de tecnologia da Guarda Municipal.

Denúncia

A população tem papel fundamental na segurança das praças e dos equipamentos que ela possui. Seja alertando e denunciando, ela é responsável por colaborar com a coibição dos atos de vandalismo por parte dos marginais que buscam depredar os espaços de convivência públicos.

A comunidade pode fazer denúncias pelo número da Guarda Civil Municipal 153, Polícia Militar 190 ou pelo telefone 3545-5992. A SDU também tem seu telefone disponível para a população denunciar as atividades suspeitas de vandalismo no número 3545-5809.

O crime de vandalismo é tipificado no artigo 163 do Código Penal brasileiro. O autor do delito fica sujeito a prisão e multa. A pena varia de seis meses a três anos de detenção. “Os telefones são meios que, se a população contribuir denunciando, nós da secretaria vamos imediatamente tomar as medidas e as providências cabíveis”, reforça o secretário Aldivo Araújo.

0 Shares
You May Also Like