Prêmio de melhor da Libertadores tem nomes de Fla, Verdão e Athletico

0 Shares
0
0
0
0
0
0

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) divulgou nesta terça-feira (30) os seis indicados ao prêmio de melhor jogador da Libertadores. Cinco defendem times brasileiros, sendo dois do Palmeiras, dois do Flamengo e um do Athletico-PR. O vencedor será conhecido no dia da final, em 29 de outubro, no estádio Monumental de Guayaquil (Equador).

⭐️ Rumo ao #BestOfTheTournament! Os candidatos a craque da CONMEBOL #Libertadores 2022 estão nas semifinais.

💍 Quem vai levar o prêmio?@BridgestoneBR #GloriaEterna pic.twitter.com/9ENRh2OGpS

— CONMEBOL Libertadores (@LibertadoresBR) August 29, 2022

Atual bicampeão, o Verdão é representado por Raphael Veiga e Rony. O meia balançou as redes seis vezes nesta edição da Libertadores, em oito jogos, enquanto o atacante marcou sete gols e deu uma assistência. Ambos fizeram parte das campanhas vitoriosas de 2020 e 2021 e se tornaram os dois maiores goleadores do clube na história do torneio (Rony lidera com 16 gols, dois a mais que Veiga).

O Flamengo, vice em 2021, teve selecionados Pedro e Giorgian de Arrascaeta. O atacante é o artilheiro da Libertadores, com oito gols, sendo cinco marcados no mata-mata e quatro apenas no duelo com o Tolima (Colômbia), pelas oitavas de final. O meia tem dois gols e três assistências e é o principal armador do Rubro-Negro, que alcançou as semifinais com a melhor campanha geral. O uruguaio integrou o grupo campeão da América pelo time carioca em 2019.

O atacante Vitor Roque, por sua vez, representa o Athletico. Mesmo sem ser titular absoluto e presente em apenas quatro jogos da Libertadores, o jovem de 17 anos foi decisivo para a classificação do Furacão à semifinal, fazendo o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Estudiantes (Argentina), fora de casa, no jogo de volta das quartas de final.

O único indicado ao prêmio que não defende um time brasileiro é Lucas Janson, do Vélez Sarsfield (Argentina). O atacante divide com Rony (e o também palmeirense Rafael Navarro) a vice-artilharia da Libertadores, com sete gols. Seis deles saíram nos últimos seis jogos, que marcaram a arrancada da equipe na competição, ainda na reta final da fase de grupos.

O vencedor em 2021 foi o atacante Gabriel Barbosa, do Flamengo. Na ocasião, ele superou a concorrência de Veiga, Rony e do goleiro Weverton, os três do campeão Palmeiras, além de Arrascaeta e do também atacante Bruno Henrique, companheiros de clube. Na edição de 2020, o ganhador foi outro brasileiro: o atacante Marinho, à época no Santos e hoje no Rubro-Negro carioca.

0 Shares
You May Also Like