ProBem abre novas perspectivas para 12 mil jovens bolsistas

2 Shares
2
0
0
0
0
0

O Programa Universitário do Bem (ProBem), da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), possibilita a estudantes em situação de vulnerabilidade social o acesso ao ensino superior e a uma formação diferenciada. Para isso, o Estado investe mensalmente R$ 8 milhões na iniciativa que contempla 12 mil bolsistas de famílias em situação de vulnerabilidade social. Todos que concorrem à bolsa estão no registro ativo e atualizado em um banco de dados nacional, o CadÚnico. Entre essas famílias, aquelas mais vulneráveis são monitoradas pela equipe responsável pelo acompanhamento familiar do Programa.

O ProBem tem como grande inovação o Banco de Oportunidades, que oferece estágios na área de formação, cursos de capacitação, participação em projetos sociais e encaminhamento para emprego. A presidente de honra da OVG e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, conta que acompanha com orgulho todo o trabalho que o governador Ronaldo Caiado faz por Goiás, em especial o ProBem. “Assim como Ronaldo, tenho convicção de que precisamos investir na área social para tirar as pessoas da condição de vulnerabilidade. O ProBem faz isso, e de uma forma completa. Ele oportuniza a mudança de vida de toda a família”, frisa Gracinha Caiado.

Bolsista integral, Ithilla Moniclely Marques Gouveia, 25 anos, estuda Direito e já fez diversos cursos pelo Banco de Oportunidades na sua área de formação. Feliz, conta que, graças ao ProBem, foi selecionada pelo Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) para um estágio que começa nos próximos dias. “Um curso superior não é suficiente para a formação de um profissional completo. Temos de nos aprimorar. Além disso, o estágio é a porta de entrada para o mercado de trabalho. Por isso, sou muito grata à OVG e ao Governo de Goiás”, diz a estudante.

A mãe de Ithilla, Ana Paula Marques Gouveia, 41 anos, desempregada, também fez curso de qualificação em “Auxiliar Administrativo”, no Senai-GO, ofertado pelo Banco de Oportunidades. Agora, ansiosa, aguarda o resultado do processo seletivo para uma vaga de emprego do Grupo Novo Mundo, outro parceiro do ProBem. “Estou confiante que vou conseguir. Agradeço as chances de melhoria de vida que o Governo de Goiás e a OVG estão oferecendo para mim e minha filha”, fala Ana Paula.

Bolsista Ithilla Moniclely Marques Gouveia e sua mãe, Ana Paula Marques Gouveia, foram beneficiadas pelo Banco de Oportunidades com cursos, vaga de estágio e participação de processo seletivo para vaga de trabalho (Foto: Aline e Cristina Cabral)

Outra beneficiada é Salete Freitas do Nascimento, 27 anos. Bolsista integral do curso de Administração, desde o primeiro semestre do ano passado, ela já fez dois cursos do Banco de Oportunidades, via Senac Goiás: Assistente Administrativo de Marketing e Vendas e Técnicas de Vendas. “O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, pede profissionais com várias habilidades. Então, o Banco de Oportunidades do ProBem fará toda a diferença no meu futuro”, reitera.

Bolsista Salete Freitas também é beneficiada pelo Banco de Oportunidades do ProBem: “O mercado de trabalho está cada vez mais exigente, pede profissionais com várias habilidades (Foto: Aline e Cristina Cabral)

Oportunidades
A diretora-geral da OVG, Adryanna Melo Caiado, completa que foi uma alegria acompanhar recentemente a inclusão de cinco mil novos bolsistas. “O ProBem, além de custear mensalidades por meio de bolsa de estudos, constrói um caminho de oportunidades. Ao proporcionar vagas de estágio, emprego e qualificações, contribui para o crescimento profissional dessas pessoas e para o desenvolvimento do nosso Estado”, acredita.

Criado pela atual gestão, o ProBem contempla estudantes de 230 municípios, de 69 cursos diferentes de 94 Instituições de Ensino Superior (IES). São ofertadas bolsas parciais (50% do valor da mensalidade), com limite de R$ 650, e bolsas integrais (100% do valor da mensalidade), limitadas a R$1,5 mil. Para estudantes de medicina e odontologia, o aporte financeiro sobe para R$ 2,9 mil (bolsas parciais) e R$ 5,8 mil (bolsas integrais). Os governos anteriores deixaram uma dívida de R$ 76 milhões com as Instituições de Ensino Superior credenciadas ao então Bolsa Universitária. Desse total, R$ 71 milhões já foram quitados pela atual gestão, que mantém as mensalidades rigorosamente em dia.

O Banco de Oportunidade do ProBem tem como parceiros o Grupo Novo Mundo, CIEE, Senac, Senar, Senai, Sebrae e a Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO).

O post ProBem abre novas perspectivas para 12 mil jovens bolsistas apareceu primeiro em Agência Cora Coralina de Notícias.

LINK Read More

2 Shares
You May Also Like