Proposição que visa criar o programa Jovem Agricultor pode receber aval definitivo do Plenário

0 Shares
0
0
0
0
0
0

O Legislativo goiano está analisando proposições que visam instituir, no estado de Goiás, políticas públicas voltadas ao incentivo da permanência de jovens agricultores no campo. Dentre essas iniciativas está o projeto de lei nº 1147/20, de autoria do deputado Paulo Trabalho (PL).
A matéria visa criar o programa Jovem Agricultor, com o objetivo de articular ações que incentivem e estimulem a continuidade de jovens no meio rural, dando prosseguimento ao trabalho dos pais na produção, diminuindo a migração campo-cidade.
O texto destaca que, nas últimas quatro décadas, houve uma redução gradativa no número de estabelecimentos rurais produtivos, movimento que coincide com a queda na força de trabalho.
Para o parlamentar, é de suma importância proporcionar aos jovens do campo o acesso aos melhores meios tecnológicos de produção e de qualidade de vida aplicada ao meio rural. “Garantindo que os jovens permaneçam e deem continuidade na agricultura familiar, por meio de políticas de sucessão que fortaleçam esse segmento fundamental para a vida social e econômica do estado”, frisa a justificativa da proposição.
A propositura se encontra em segunda fase de votação pelo Plenário da Assembleia Legislativa. Se receber aval nessa última etapa, o projeto estará apto a seguir para a sanção do governador Ronaldo Caiado (UB), que poderá sancioná-lo ou vetá-lo.  

0 Shares
You May Also Like