Sem categoria

Proposta exige técnico do Samu com capacitação em linguagem dos sinais

0 Shares
0
0
0
0
0
0

O Projeto de Lei 504/22 torna obrigatória a capacitação de pelo menos um profissional das equipes médicas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na Língua Brasileira de Sinais (Libras), para atuação nos municípios e no Distrito Federal. A proposta está em análise na Câmara dos Deputados.

“Este projeto de lei propõe que seja capacitado contingente mínimo da equipe técnica do Samu em Libras, possibilitando a comunicabilidade nos atendimentos de emergência”, afirmou o autor da proposta, deputado Francisco Jr. (PSD-GO), ao defender a medida.

A fiscalização do cumprimento da norma, pelo texto, caberá às secretarias da Saúde.

 

0 Shares
You May Also Like