Sancionado Título de Cidadania Goiana ao gaúcho Eduardo Leite

0 Shares
0
0
0
0
0
0

De autoria do deputado Gustavo Sebba (PSDB), foi sancionada pelo governador Ronaldo Caiado (UB) e está no Diário Oficial do Estado a Lei Estadual nº 21.568 (originalmente projeto de lei nº 8705/21) que concede o Título de Cidadania Goiana ao ex-governador do estado do Rio Grande do Sul Eduardo Figueiredo Cavalheiro Leite (PSDB). Eduardo Leite renunciou ao cargo de governador no início de abril deste ano — numa tentativa malograda de emplacar candidatura à Presidência da República —, e agora é novamente candidato ao cargo e disputa o segundo turno contra Onyx Lorenzoni, do PL.
Graduado em Direito pela Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Eduardo Leite começou sua trajetória na administração pública como assessor, chefe de gabinete e secretário interino na prefeitura de sua cidade natal, Pelotas (RS). Em 2008, elegeu-se vereador aos 23 anos, sendo eleito presidente da Câmara Municipal de Pelotas para o biênio 2011-2012. Em 2012, candidata-se ao cargo de prefeito, sendo eleito com 57,15% dos votos aos 27 anos, tornando-se o mais jovem chefe do Executivo da história do município.
“Como prefeito, realizou uma gestão exemplar, com alto índice de aprovação junto à população, mas optou por não concorrer à reeleição, cumprindo a promessa de não disputar um segundo mandato. Sua então vice-prefeita, Paula Mascarenhas, foi eleita em 2016 com quase 60% dos votos no primeiro turno”, anota Gustavo Sebba em justificativa.
O parlamentar ressalta, ainda, que, enquanto governador, Leite tem se destacado pela capacidade de implementar reformas que estão dando ao estado capacidade de se reerguer após uma década de crise fiscal. “Na crise pandêmica que ora enfrentamos, o governador gaúcho se destacou pelo apelo à ciência, adotando medidas de acordo com critérios técnicos desde o primeiro instante, prezando pela vida sem comprometer demasiado a economia do estado”, disse.

0 Shares
You May Also Like