Secretaria Nacional de Atenção à Primeira Infância oferece sete cursos a visitadores e supervisores do Criança Feliz

0 Shares
0
0
0
0
0
0

A Secretaria Nacional de Atenção à Primeira Infância (SNAPI) do Ministério da Cidadania está com inscrições abertas para sete cursos voltados a visitadores, supervisores e multiplicadores do Programa Criança Feliz (PCF). Os temas são variados, abordando desde a atenção às gestantes e às crianças na primeira infância até o atendimento a comunidades e povos tradicionais.

Todas as aulas são gratuitas e a distância. Quem concluir os cursos receberá um certificado. As inscrições vão até o dia 15 de dezembro. 

Acesse o portal de capacitação do Ministério da Cidadania 

Confira abaixo os detalhes de cada curso: 

1.       Atenção às gestantes 

Objetivo: Sensibilizar o profissional do Criança Feliz (visitadores, supervisores e multiplicadores) sobre como apoiar a mãe durante a gestação, com acolhimento e empatia. 

Carga horária: 6 horas 

2.       Corresponsabilidade de cuidados 

Objetivo: Mostrar a visitadores, supervisores e multiplicadores do Criança Feliz como a responsabilidade de cuidar de si e do próximo não diz respeito somente às mulheres, mas também aos homens, a toda a sociedade e aos agentes públicos. 

Carga horária: 6 horas 

3.       Violência contra a mulher 

Objetivo: Dar condições para que visitadores, supervisores e multiplicadores do Criança Feliz consigam reconhecer se uma mulher vive em uma situação de violência dentro de casa e como é possível apoiá-la no seu enfrentamento e na busca por proteção. 

Carga horária: 6 horas 

4.       Atendimento a comunidades e povos tradicionais 

Objetivo: Apresentar povos e comunidades tradicionais a equipes de referência do Criança Feliz, e construir pontes entre os objetivos do programa e a realidade cotidiana dos grupos atendidos, compreendendo assim as múltiplas dimensões das infâncias brasileiras. 

Carga horária: 6 horas 

*Único curso sem prazo máximo para inscrição

5.       O Programa Criança Feliz e as diversidades das infâncias brasileiras 

Objetivo: Ampliar o conhecimento das equipes de todas as esferas públicas que trabalham com o Programa Criança Feliz acerca das diversidades das infâncias e famílias brasileiras e da importância das políticas sociais para a promoção dos direitos das crianças. Curso destinado a gestores de assistência social, coordenadores de CRAS, técnicos do Programa Criança Feliz, cuidadores, orientadores ou educadores sociais. 

Carga horária: 24 horas 

6.       Ferramentas para a prevenção e o enfrentamento à violência contra crianças na Primeira Infância 

Objetivo: Conhecer o papel do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) como equipamentos/ferramentas na prevenção e orientação diante de casos de violências contra crianças na primeira infância. Entender o papel do Conselho Tutelar, dos supervisores e visitadores do Criança Feliz, do Ministério Público e do Poder Judiciário, além dos fluxos de atendimento e os mecanismos de denúncia. 

Carga horária: 20 horas 

7.       Contextualização da violência na Primeira Infância 

Objetivo: Breve trajetória sobre as políticas voltadas às crianças na primeira infância no Brasil e no mundo. Diretrizes da política de atendimento, tipos de violências praticadas e consequências para o desenvolvimento integral da criança na primeira infância. Papel dos diversos atores sociais na identificação e prevenção de casos. 

Carga horária: 20 horas 

Com informações do Ministério da Cidadania

0 Shares
You May Also Like