Wilder cresce em pesquisa e aparece em segundo para o Senado

0 Shares
0
0
0
0
0
0

O candidato Wilder Morais, pelo PL, está com 16,67% das intenções de voto entre os eleitores do estado de Goiás em segundo lugar na corrida ao Senado. Segundo pesquisa encomendada ao Instituto Goiás pelo site Mais Goiás, publicada neste sábado (10), Wilder está a cerca de 1,9% do candidato que aparece em primeiro lugar.

Os resultados mostram que a candidatura tem uma curva crescente. Wilder Morais, que tem o apoio do presidente da república e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL) e teve um salto de 9,6% em relação ao primeiro levantamento feito no mês de junho. A tendência, segundo o candidato a senador, é que os eleitores indecisos conheçam a sua história e o seu desempenho durante o pleito anterior e possam votar com segurança no 222.

“Agradeço a cada um de vocês e a Deus se me permitirem chegar ao Senado novamente para que eu possa fazer ainda mais por Goiás. Chegando lá, vou trabalhar incansavelmente para melhoria de todos os municípios do Estado. Podem ter certeza, vou honrar cada um de vocês”, afirma Wilder Morais.
A terceira rodada do levantamento Goiás Pesquisa contratado pelo Mais Goiás aponta que Wilder Morais está entre os menores índices de rejeição entre os candidatos ao Senado, com 2,95%.

O ex-deputado federal Alexandre Baldy (PP) aparece como líder em rejeição na disputa, com 29,9% dos eleitores entrevistados dizendo que não votariam no candidato de forma alguma. O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) é o segundo colocado, com 22,19%, enquanto o terceiro é o delegado Waldir Soares (União Brasil), com 19,9%.

O levantamento Goiás Pesquisas/Mais Goiás ouviu 1.050 eleitores de 5 a 8 de setembro de 2022. A margem de erro é de 3,02 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%. Os registros no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) são BR-00200/2022 e GO-04869/2022.

0 Shares
You May Also Like