Deutsche Bank eleva recomendação para varejista

Redação Redação

SÃO PAULO – Os analistas do Deutsche Bank divulgaram relatório em que elevam sua recomendação para os papéis da Renner (LREN3) para o patamar de manutenção. Mesmo assim, o preço-alvo da ação foi cortado para R$ 16,00, o que estima ainda uma potencial desvalorização de 8,1% em relação ao fechamento do dia 18 de fevereiro de 2016.

A instituição financeira alemã comenta que o valuation do papel se encontra em um patamar mais razoável e que o corte do preço-alvo é por conta do risco do país e revisão de estimativas. “Nós esperamos desaceleração nas vendas, mais custos e aumento na taxa de inadimplência para pressionar as margens e retornos (da Renner) em 2016”, escreve o Deutsche Bank.

No entanto, apesar dos maiores riscos para a companhia, o papel recuou cerca de 20% nos últimos seis meses e os papéis negociam a um P/L (preço sobre lucro) estimado para 2016 de 17 vezes, o que é considerado pela equipe de análise como um “razoável prêmio” em relação a seus pares.

Os analistas ainda apontam que a companhia tem excelente operação, sendo uma das melhores entre as varejistas brasileiras em 2016. No entanto, o cenário macroeconômico nacional segue aumentando os riscos para as vendas e margens no curto prazo. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 3636

A BRASIL EM FOLHAS utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para recomendar conteúdo e publicidade. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições. Aceitar Consulte mais informação

Política de Privacidade e Cookies