Meerkat está abandonando o vídeo ao vivo e busca se transformar em uma rede social

0 Shares
0
0
0
0

O CEO da empresa, Ben Rubin, em email enviado aos investidores de sua empresa comunicando que não conseguiria atingir as metas de crescimento acordadas. As razões disso, segundo Rubin, foram o crescimento abaixo do esperado para esse segmento e a forte concorrência.

O aplicativo de Rubin tem como concorrentes nada mais do que dois gigantes: Twitter com o Periscope e o Facebook com o Live. Uma tarefa difícil se torna dificílima quando se tem como concorrentes duas das principais redes sociais do planeta oferecendo exatamente a mesma proposta que o Meerkat oferece.

Segundo o jargão das start ups o Meerkat está “pivotando”, ou seja, mudando seu rumo de negócios tentando se tornar uma rede social onde todo mundo está sempre “ao vivo”.

Em entrevista ao site Re/Code Ben Rubin afirmou “Essa foi uma decisão muito difícil de ser tomada, a de afirmar que nosso modelo de negócios original não vai funcionar. Mas isso é um fato, o broadcast de vídeo um-para-vários nada mais é do que uma funcionalidade de uma plataforma. Se quisermos ser independentes precisamos mudar o rumo de nossa empreitada.” – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 5526

0 Shares
You May Also Like