E-mail cruza Atlântico duas vezes para salvar chinesa que queria se matar

0 Shares
0
0
0
0

Um e-mail cruzou o Atlântico duas vezes, percorrendo milhares de quilômetros, para salvar uma jovem chinesa que queria se suicidar na Itália, informou nesta sexta-feira a polícia deste país.

Um estudante chinês que vivia no Reino Unido falava na internet com uma compatriota instalada em Verona (nordeste) quando percebeu, pelo tom da conversa, que sua amiga queria se suicidar, explicou um comunicado.

Enviou imediatamente uma mensagem à polícia, mas se equivocou. Em vez de enviá-lo à cidade italiana de Verona, o mandou ao Departamento de Polícia de Verona, em Nova Jersey, na costa leste dos Estados Unidos.

Estes últimos, ao perceberem o erro, alertaram o escritório da Interpol em Washington que, por sua vez, contactou as autoridades de Roma. Elas telefonaram para a polícia de Verona, que enviou agentes à casa da menina.

A jovem foi encontrada com as veias dos pulsos parcialmente cortadas e com uma grande quantidade de antidepressivos em seu organismo, indicou o comunicado. – BRASIL EM FOLHAS COM AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS – I3D 8139

0 Shares
You May Also Like