Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


17 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Parada do Orgulho LGBT deve reunir neste domingo cerca de 3 milhões de pessoas - Jornal Brasil em Folhas
Parada do Orgulho LGBT deve reunir neste domingo cerca de 3 milhões de pessoas


Cerca de 3 milhões de pessoas devem participar neste domingo (18), em São Paulo, da 21ª Parada do Orgulho LGBT. A manifestação, promovida pela Associação da Parada do Orgulho de Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros de São Paulo e a prefeitura da capital, será das 12h às 18h. As cantoras Daniela Mercury, Anitta, Lorena Simpson e Naiara Azevedo estão entre as principais atrações. A parada terá 19 trios elétricos patrocinados por instituições e empresas que apoiam o movimento LGBT.

A concentração será em frente ao Museu de Arte de São Paulo (Masp), a partir das 10h, como ocorre todos os anos. O percurso será de aproximadamente 3,5 quilômetros, partindo da Avenida Paulista, seguindo pela Rua da Consolação. O show de encerramento será no Vale do Anhangabaú, com a cantora Tâmara Angel.

Trânsito

A Avenida Paulista será interditada a partir das 10h, no sentido Paraíso/Consolação, no trecho compreendido entre as ruas Teixeira da Silva e da Consolação e no sentido Consolação/Paraíso, entre a Rua da Consolação e a Avenida Brigadeiro Luis Antônio, permanecendo liberadas as transposições pela Avenida Brigadeiro Luis Antônio e as ruas Carlos Sampaio/Maria Figueiredo.

A partir das 12h, a Rua da Consolação será bloqueada em ambos os sentidos. Haverá ainda bloqueios em diversos pontos próximos à Avenida Paulista. Para saber a situação das vias próximas, acesse cetsp.com.br.

Com os bloqueios de trânsito na região, a recomendação é de que as pessoas usem o transporte público. A melhor opção é ir de metrô e descer na Estação Trianon-Masp (Linha 2 Verde). Já as linhas de ônibus que atendem à região devem ter alterações em seus itinerários, utilizando caminhos alternativos. O site da SPTrans informa as alterações.

Segurança

A prefeitura informou que a Guarda Civil Metropolitana e a Polícia Militar (PM) estarão mobilizadas no domingo para dar suporte ao evento. A Delegacia de Crimes de Intolerância também estará de prontidão caso ocorra algum caso de LGBTfobia durante o evento.

O trajeto contará com pontos de apoio, com atendimento médico, bombeiro, PM e ambulância, além do auxílio do Centro de Operações da Polícia Militar, por meio do monitoramento com câmeras de segurança.

O encaminhamento para hospitais será regulado pela central do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Aproximadamente 700 banheiros químicos serão disponibilizados ao longo do percurso. Equipes da prefeitura farão a limpeza das ruas após o evento.

 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212