Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


21 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Flipelô e Campus Party terminam com grande sucesso em Salvador - Jornal Brasil em Folhas
Flipelô e Campus Party terminam com grande sucesso em Salvador


Dois grandes eventos dos universos das letras e das tecnologias foram encerrados neste domingo (13) em Salvador com sucesso de público e movimento: a primeira edição da Festa Literária Internacional do Pelourinho (Flipelô) e a Campus Party, evento de destaque mundial na área de tecnologia e informática.

Com saraus, mostras e exposições, a Flipelô teve cinco dias de evento em homenagem ao escritor baiano Jorge Amado, que faria 105 anos na última quinta-feira (10). Entre os casarões coloniais do Centro Histórico de Salvador, no Largo do Pelourinho, em frente à sede da Fundação Casa de Jorge Amado, um colorido letreiro com o nome #FLIPELÔ foi cenário de fotos de turistas e participantes da Festa Literária.

A Flipelô teve a participação de mais de 200 convidados em 60 atividades - incluindo mesas de debates, saraus, contação de estórias, exposições e espetáculos de dança e música – o público particpante disse esperar pela próxima edição da festa, com outros homenageados e a presença cada vez maior de escritores e artistas de diversas áreas.

Para a professora de Língua Portuguesa, Carolina Almeida, destacou a festa literária, a leitura e a integração das vertentes culturais como elementos fundamentais para a construção do conhecimento e a inserção social. “Com esse evento, constrói-se a cultura do livro, que a gente não tinha, achei essa ideia bem legal para Salvador. As obras de Jorge Amado são tão importantes que, naturalmente, serão levadas para a eternidade”, comentou.

Durante estes cinco dias, passaram pela Flipelô importantes nomes da literatura, como Pasquale Cipro Neto, Talita Rebouças, Antônio Torres e Alexandra Lucas Coelho; a biógrafa de Jorge Amado, Josélia Aguiar; e a escritora mineira Conceição Evaristo, que participou de uma mesa sobre a resistência das mulheres negras, sobretudo na literatura.

Conceição Evaristo foi o destaque da Flipelô, na opinião da estudante de Letras Joelma Conceição, por abordar a invisibilidade da mulher negra na sociedade. “Ela é um exemplo para mim, me sinto identificada com ela, porque venho do trabalho doméstico, assim como ela, e não me sentia inserida na sociedade, não me enxergava representada. Hoje, essa voz negra que dá voz a outras mulheres negras é uma coisa incrível, na qual me espelho muito”, comentou a universitária, de 39 anos.

A programação da Flipelô prosseguiu até o fim da tarde deste domingo, com saraus, mostras audiovisuais, lançamentos de livros e contação de histórias. Tudo o que aconteceu no evento pode ser consultados no site www.flipelo.com.br.

Campus Party Bahia

Também neste domingo, em Salvador, jovens e estudantes se despediram do mundo da tecnologia e inovação da Campus Party, uma feira mundial que aconteceu pela primeira vez na Bahia e inovou ao ser realizado em um estádio de futebol, a Arena Fonte Nova.

Num dos portões de acesso ao estádio, ônibus se enfileiravam para que os participantes – chamados campuseiros – retornassem para suas cidades de origem, em caravanas. Entre eles, estava a estudante de Sistemas de Informação, Vitória Trindade, de 19 anos. Ela conta que, na volta, a bagagem é maior, devido à carga de conhecimento adquirido durante os cinco dias de evento.

“Adorei tudo, a robótica, as competições, as ideias apresentadas que foram muito boas e sustentáveis. Muito bom saber que estamos nas mãos de jovens tão promissores e criativos, quero muito ser como um deles”, disse a estudante, da cidade de Jequié, a 350 quilômetros de Salvador.

A Campus Party Bahia terminou, oficialmente, na noite de ontem (12), com a premiação de vencedores de competições, palestras de encerramento, apresentação dos organizadores e voluntários e apresentação de orquestra. Ao todo, 4 mil jovens se inscreveram para acampar nas conhecidas barracas de camping da Campus Party. Além disso, cerca de 40 mil pessoas circularam na área aberta ao público, onde houve exposições de inovações tecnológicas, incluindo robôs e simuladores de voo.

 

Últimas Notícias

Brasil perdeu 7,2 milhões de linhas de celular no ano passado
Petrobras reduz em 3% GLP empresarial nas refinarias
Ministro do STJ nega pedido de prisão domiciliar a João de Deus
Escassez de chuvas leva governo a acionar termelétricas mais caras
Picciani, Paulo Melo e Albertassi serão julgados por Bretas
Suspensa permissão para deputada receber denúncias contra professores
MPT não descarta pedir bloqueio dos bens do Flamengo
Número de mortos identificados em Brumadinho chega a 151

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212