Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Maduro assegura que irá à Cúpula das Américas apesar de rechaço do Peru - Jornal Brasil em Folhas
Maduro assegura que irá à Cúpula das Américas apesar de rechaço do Peru


O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, assegurou nesta quinta-feira (15) que participará da Cúpula das Américas, que acontecerá nos dias 13 e 14 de abril em Lima, apesar do governo do Peru ter assegurado que sua presença não será bem-vinda.

Têm medo de mim? Não querem me ver em Lima? Pois vão me ver. Chova, troveje, ou relampeje, por ar, terra, ou mar, chegarei à Cúpula das Américas com a verdade (...) da Venezuela, manifestou Maduro em coletiva de imprensa.

Na terça-feira, no âmbito da reunião de chanceleres do Grupo de Lima, o governo peruano retirou o convite a Maduro, mas o presidente venezuelano disse ter recebido na quarta-feira uma carta de seu contraparte peruano, Pedro Pablo Kuczynski.

Chegou esta carta de Pedro Pablo Kuczynski me convidando para a Cúpula das Américas. Entrem em acordo, eles querem repetir com a Venezuela o maltrato que deram a nossa irmã Cuba. Entrem em acordo, os deixamos loucos, afirmou, mostrando o documento aos jornalistas.

Os 14 países do Grupo de Lima pediram na terça-feira que o governo venezuelano reconsidere a data de 22 de abril para a realização das eleições presidenciais de forma adiantada. Eles consideram que não há garantias para uma votação livre e justa com a participação dos opositores.

Mas Maduro reiterou que a todo custo haverá presidenciais neste dia.

Na Venezuela mandam os venezuelanos, não o Grupo de Lima, não Pedro Pablo Kuczynski, não (o presidente da Colômbia) Juan Manuel Santos. Mandam as instituições e os venezuelanos, declarou o governante.

Maduro assinalou que no Grupo de Lima estão os governos mais impopulares do planeta, se referindo em particular aos de Colômbia e Peru. Para mim é uma honra que a oligarquia da região faça o que faz contra nós, acrescentou.

De acordo com uma pesquisa do Instituto Venezuelano de Análise de Dados (IVAD), o presidente socialista enfrenta uma impopularidade de 75% devido ao colapso econômico do país, que também sofre com a grave escassez de alimentos e remédios, e com uma hiperinflação.

Não obstante, o adiantamento das eleições desconcertou a oposição, agrupada na Mesa da Unidade Democrática (MUD), que, seriamente dividida e enfraquecida, ainda não decidiu se participará das eleições, nas quais Maduro tem ampla vantagem, segundo analistas.

 

Últimas Notícias

Varejo perde R$ 19,5 bilhões em 2017 por danos em produtos e furtos
A partir deste sábado, candidatos só podem ser presos em flagrante
Brasileiros não se sentem prontos para lidar com a morte, diz pesquisa
Aos 95 anos, Gervásio Baptista recebe Medalha do Mérito Jornalístico
PF combate grupo criminoso responsável por contrabando de cigarros
Primavera começa hoje com possibilidade de novo episódio do El Niño
Facebook anuncia medidas para combater contas falsas e desinformação
Polícia Militar faz operação na Rocinha

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212