Pressreader / UOL Banca / Nuvem



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


16 de Fev de 2019 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade

 

 
Notícias
 Cristalina passa a contar com duas escolas Padrão Século XXI - Jornal Brasil em Folhas
Cristalina passa a contar com duas escolas Padrão Século XXI


Marconi Perillo - Cristalina - Escola Padrão do Século XXI - Foto Wagnas Cabral 01Ao entregar nesta quinta-feira, dia 22, duas escolas Padrão Século XXI em Cristalina, cidade a 130 quilômetros de Brasília, às margens da BR-050, o governador Marconi Perillo totalizou a entrega de oito unidades padronizadas na região do Entorno do Distrito Federal, com investimento superior a R$ 30 milhões.

Após entregar o Colégio Estadual Campos Lindos, no loteamento Mansões Marajó, no Distrito de Campos Lindos, a 90 quilômetros de Cristalina, o governador inaugurou o Colégio Estadual Adelvina Flores Ribeiro, construído no Bairro Rio de Janeiro. A mais nova unidade inaugurada pelo Governo do Estado foi edificada ao custo de R$ 4,27 milhões e tem capacidade para atender 1.200 alunos.

Depois de descerrar as placas que deram por inauguradas a escola e a reconstrução da GO-436, em solenidade ocorrida na quadra de esportes da unidade, o governador Marconi destacou em seu pronunciamento que, apenas nesta quinta-feira, estava entregando benefícios à população de Cristalina que somam quase R$ 55 milhões em investimentos.

Ele mencionou a potencialidade econômica do município, ao citar sua condição de líder nacional na utilização de Pivô Central e o seu destaque como município exportador de grãos. “Por isso e pelo merecimento de seu povo trabalhador, Cristalina merece toda a atenção e investimento do governo do Estado”, salientou. Marconi também falou da importância de os governos investirem na educação como forma de contribuir para a formação de valores dos jovens. “Quando se abre uma escola, abrimos menos vagas em cadeias”, pontuou.

Por acreditar que “somente a educação democratiza oportunidades”, Marconi lamentou que o Brasil ainda seja um País socialmente injusto, com um enorme abismo na sua distribuição de renda. “Enquanto os cinco mais ricos tiverem um patrimônio igual ao da metade da população mais pobre, fica claro que o Brasil precisa melhorar muito ainda”.

Ao recordar que até o dia 7 de abril, quando se desincompatibilizará do governo, ainda irá inaugurar muitas obras em todo o Estado, disse que nenhuma outra realização física o agrada mais do que as escolas. “A obra que mais me agrada inaugurar é uma escola como essa, que dará condições aos professores de aplicarem seus métodos pedagógicos em um ambiente digno para a execução da boa educação”, observou.

A escola iniciará suas atividades no dia 5 de março com 833 alunos matriculados. Serão 635 no ensino fundamental II e 198 da EJA (segunda etapa). De acordo com a secretária de Educação, Cultura, Esporte e Turismo, Raquel Teixeira, serão criadas duas turmas de primeiro ano do Ensino Médio para atender alunos que hoje precisam percorrer mais de seis quilômetros todos os dias para chegar à escola mais próxima.

O Colégio Adelvina Ribeiro substitui a antiga escola de placa de apenas sete salas de aula construída em regime de mutirão há mais de 30 anos. A unidade homenageia a mãe do ex-prefeito Tancredo Ferreira Ribeiro. Foi ele quem deu o nome de Adelvina Ribeiro à escola no ano de 1986, após o falecimento da homenageada.

Os investimentos do Governo do Estado na melhoria da qualidade de ensino das cidades do Entorno do DF, através da construção de mais escolas de alto padrão, continuam. Para o mês que vem, estão previstas novas inaugurações em cidades próximas ao Distrito Federal.

Serão entregues mais duas escolas Padrão Século XXI em Valparaíso de Goiás; uma em Padre Bernardo e mais outras cinco unidades beneficiando os municípios de Formosa (distrito de Santa Rosa), Cidade Ocidental, Luziânia, Novo Gama e Águas Lindas.

Outras 17 novas escolas já se encontram em processo de licitação. Com elas, o governo irá alcançar 67 unidades construídas dentro desse inovador modelo arquitetônico. Até o final de março serão entregues 30 novas unidades.

Somente no ano passado o governo de Goiás investiu R$ 4 bilhões em projetos na área de educação do Estrado. Os recursos foram aplicados na melhoria das escolas, qualidade do ensino e em políticas de valorização da carreira dos professores e servidores.

As Escolas Padrão Século XXI possuem 12 salas de aula, quadra poliesportiva, laboratório de ciências e de informática, biblioteca, auditório, administração, sala dos professores e espaço para agremiação estadual.

Gabinete de Imprensa do Governador de Goiás


 

Últimas Notícias

Governadores pedem ao STF julgamento de processos sobre repasses
Ministro quer atrair investimentos privados para Jardim Botânico do RJ
Fies vai oferecer 100 mil vagas a juro zero para alunos de baixa renda
TJ libera R$ 13 milhões para Vale ressarcir gastos do governo mineiro
Vale pede mais tempo para analisar Termo de Ajuste Preliminar
Deputados do Rio presos podem ter posses suspensas
Vale suspende operação em barragem em Brucutu e de mina em Brumadinho
TRE-RJ mantém ex-deputado Paulo Melo inelegível até 2024

MAIS NOTICIAS

 

Sul do Chile enfrenta 45 focos de incêndios florestais
 
 
Governo de Minas oferece suporte psicossocial às vítimas de Brumadinho
 
 
Força Nacional de Segurança começa a deixar o Ceará
 
 
Licitação de ônibus em São Paulo tem contratos de R$ 71 bi em 20 anos
 
 
Força Nacional vai atuar em Belém na primeira quinzena de março
 
 
Fiocruz alerta para agravamento de doenças na população após tragédia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212