Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


19 de Apr de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Saúde pública de Cuiabá é tema de reunião com vereadores da capital - Jornal Brasil em Folhas
Saúde pública de Cuiabá é tema de reunião com vereadores da capital


Os avanços e os repasses financeiros feitos à saúde pública de Cuiabá foram discutidos pelo governador Pedro Taques e os vereadores da capital no Palácio Paiaguás, nesta sexta-feira (06.04). Na ocasião, o chefe do Executivo elencou as principais ações realizadas para melhorar a saúde no Estado durante os mais de três anos de gestão.

Entre os trabalhos está a obra da nova sede do Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa (Cridac), construído no terreno do Hospital Regional de Mato Grosso, local abandonado há mais 30 anos em Cuiabá.

O novo Cridac será a primeira parte da Cidade da Saúde que irá reunir unidades de saúde especializadas da capital, segundo o governador, que destacou que o espaço está sendo construído com recurso recuperado nas ações de combate à corrupção e deve ser entregue à população mato-grossense no primeiro semestre deste ano.

Outro avanço destacado por Taques foi a obra do novo Pronto Socorro de Cuiabá. A unidade de saúde será equipada pelo Governo do Estado e terá 258 leitos para atender pacientes da capital e do interior do Estado.

Repasse à saúde

Atualmente, o Governo do Estado repassa para saúde pública de Cuiabá em torno de R$ 8,5 milhões mensal garantindo a estrutura de atendimento à população da capital e do interior do Estado, segundo o assessor especial da Secretaria de Saúde, Wagner Simplício.

“Toda a transferência é realizada para o Fundo Municipal de Saúde. O Governo do Estado não tem contrato direto com hospitais filantrópicos e privados. Transferimos o recurso sempre via fundo, ou seja, quem faz o contrato com o serviço é a prefeitura de Cuiabá”, explicou Simplício.

O assessor disse ainda que o Estado busca equalizar uma dívida com o município referente aos anos de 2016 e 2017. “São dividas feitas por programas que o Governo do Estado criou de transferências não obrigatórias, mas são transferências importantes que dão o suporte e ajuda ao município de Cuiabá para desenvolver a sua saúde pública. Estamos fazendo as transferências a partir do aumento de fluxo que tem no caixa do Governo do Estado”, disse Simplício.

O presidente da Câmara Municipal, Justino Malheiros, classificou a reunião como positiva. “A Câmara não podia se omitir. Vivemos o dia a dia com a sociedade e sabemos o que a nossa população vem sofrendo. Saímos daqui satisfeito com o que ouvimos do Governo”, disse.

 

Últimas Notícias

Um milhão de indígenas buscam alternativas para sobreviver
Seesp promove encontro de representantes das sedes do Jimi 2018
Agência de Transportes Aquaviários aprova estudos para leilões de terminais no Porto de Cabedelo
Hospital de Trauma de Campina Grande promove Curso de Atualização em Feridas e Curativos
Concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros tem quase 80 mil inscritos
Corpo de Bombeiros inicia Curso de Atendimento à Tentativa de Suicídio
Cuité e Esperança sediam audiências do ODE nesta sexta e sábado
Governo realiza programação do “Abril Verde” com ações preventivas de acidentes de trabalho

MAIS NOTICIAS

 

Mais 2 mil escrituras são entregues no Riacho Fundo II
 
 
Está sancionado projeto que oficializa o modelo como o único de atenção primária no DF
 
 
Buraco do Tatu será bloqueado nas madrugadas de segunda (9) a sábado (14)
 
 
Instituto Hospital de Base vai recorrer da suspensão de processo seletivo de pessoal
 
 
Hospital Veterinário Público inicia atendimentos em Brasília
 
 
Estudantes da rede pública conhecem Embaixada da Sérvia

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212