Assine Brasil em Folhas / Nuvem / Pressreader



Siga, Curta e Compartilhe
#brasilemfolhas - #jonaldodia - #jornaldigital
#jornalbrasil - #newspaperbrazil - #jornalhoje


23 de Sep de 2018 - Jornal em tempo real - Expediente - Publicidade
 

...

...

 
Notícias
 Saúde pública de Cuiabá é tema de reunião com vereadores da capital - Jornal Brasil em Folhas
Saúde pública de Cuiabá é tema de reunião com vereadores da capital


Os avanços e os repasses financeiros feitos à saúde pública de Cuiabá foram discutidos pelo governador Pedro Taques e os vereadores da capital no Palácio Paiaguás, nesta sexta-feira (06.04). Na ocasião, o chefe do Executivo elencou as principais ações realizadas para melhorar a saúde no Estado durante os mais de três anos de gestão.

Entre os trabalhos está a obra da nova sede do Centro de Reabilitação Integral Dom Aquino Corrêa (Cridac), construído no terreno do Hospital Regional de Mato Grosso, local abandonado há mais 30 anos em Cuiabá.

O novo Cridac será a primeira parte da Cidade da Saúde que irá reunir unidades de saúde especializadas da capital, segundo o governador, que destacou que o espaço está sendo construído com recurso recuperado nas ações de combate à corrupção e deve ser entregue à população mato-grossense no primeiro semestre deste ano.

Outro avanço destacado por Taques foi a obra do novo Pronto Socorro de Cuiabá. A unidade de saúde será equipada pelo Governo do Estado e terá 258 leitos para atender pacientes da capital e do interior do Estado.

Repasse à saúde

Atualmente, o Governo do Estado repassa para saúde pública de Cuiabá em torno de R$ 8,5 milhões mensal garantindo a estrutura de atendimento à população da capital e do interior do Estado, segundo o assessor especial da Secretaria de Saúde, Wagner Simplício.

“Toda a transferência é realizada para o Fundo Municipal de Saúde. O Governo do Estado não tem contrato direto com hospitais filantrópicos e privados. Transferimos o recurso sempre via fundo, ou seja, quem faz o contrato com o serviço é a prefeitura de Cuiabá”, explicou Simplício.

O assessor disse ainda que o Estado busca equalizar uma dívida com o município referente aos anos de 2016 e 2017. “São dividas feitas por programas que o Governo do Estado criou de transferências não obrigatórias, mas são transferências importantes que dão o suporte e ajuda ao município de Cuiabá para desenvolver a sua saúde pública. Estamos fazendo as transferências a partir do aumento de fluxo que tem no caixa do Governo do Estado”, disse Simplício.

O presidente da Câmara Municipal, Justino Malheiros, classificou a reunião como positiva. “A Câmara não podia se omitir. Vivemos o dia a dia com a sociedade e sabemos o que a nossa população vem sofrendo. Saímos daqui satisfeito com o que ouvimos do Governo”, disse.

 

Últimas Notícias

Deputado Marlúcio promove caminhonetadas em várias regiões de Aparecida
Dia da Árvore: desmatamento vem caindo, mas ainda há desafios
Brincar com os quatro elementos da natureza ajuda a criança a se desenvolver melhor
Meninas que praticam esportes, cuidado com a alimentação!
Indústria paulista fecha 2,5 mil postos de trabalho em agosto
Aneel descarta revisão de bandeira tarifária em conta de luz
BNDES: empréstimos para Cuba e Venezuela não deveriam ter sido feitos
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE

MAIS NOTICIAS

 

Toffoli toma posse hoje na presidência do STF
 
 
Chanceler do Paraguai visita Brasil para negociar construção de pontes
 
 
Indústria recua em oito dos 15 locais pesquisados pelo IBGE em julho
 
 
Brasil amplia investimento em educação infantil, diz OCDE
 
 
México investiga caso de deputadas forçadas a renunciar
 
 
A série de ataques de 11 de Setembro completa 17 anos

 

 
 
 
 


ÚLTIMAS EDIÇÕES DO JORNAL BRASIL EM FOLHAS

 
 




© 2008 - 2017 - BRASIL EM FOLHAS S/A - CENTRAL DE ATENDIMENTO +55 (62) 3040-8212